logo federação
Principal Contato Localização
Notícias Fotos Diretoria Biblioteca
Atletas Clubes Regulamentos Calendário Resultados Campeonato Recordes
NOTíCIAS
voltar ao menu
REGULAMENTO CAMPEONATO 2019
11/01/2019
REGULAMENTO GERAL DAS PROVAS DO CAMPEONATO PAULISTA



É dever do atleta conhecer seus direitos e deveres, bem como as regras do Esporte que pratica.

Para esclarecimento, informamos a seguir os critérios, regras e formas para a realização do campeonato Paulista deste corrente ano de 2019:

CALENDÁRIO:

As provas do campeonato Paulista ocorrerão conjuntamente com as provas da CBTE, em mesmas datas e horários.

As únicas provas que serão realizadas somente pela FPTE, serão as provas de puma 7x3 e Fuzil, que serão em datas diversas do Calendário em conjunto.

INSCRIÇÕES

As inscrições das provas especiais será de 30.00(trinta reais), por passada.
As inscrições das provas olímpicas será de 30.00(trinta reais), por passada.

ETAPAS VÁLIDAS

Critério para cálculo de definições do nº de etapas válidas:

Teremos 9 etapas no campeonato (tanto Paulista quanto o Brasileiro, além da etapa final).

Serão consideradas para fechamento de ranking 4 etapas + a prova final OBRIGATÓRIA, prova final esta que ainda será definida datas e locais no decorrer do Campeonato.

ETAPA FINAL

A etapa final terá peso dois na contagem dos pontos. Exemplo: se um atleta, na prova final de pistola de ar, fizer 550 pontos, lhe será lançado o resultado de 1100 pontos.

A data e local ainda serão definidas e depois divulgadas. Pode ser usado mais de um final de semana para a realização da etapa final para que não se prejudique os atletas.

A arbitragem da final será eleita pela FPTE.

A ordem da lista de partida para cada prova (quem atira primeiro em uma modalidade) serão definidas pela classificação do atleta em sua modalidade, sempre da maior classe para a menor. Damas, Máster, Veteranos e Juniores atiram juntos, sempre que possível e a modalidade permita.

Será divulgado, posteriormente, lista de partida com hora fixada para o início de prova para cada atleta, conforme informação acima.

• Caso um atleta faça modalidades com horários comuns, poderá ser solicitado a FPTE para analise de mudança de horário para este atleta, a fim de que não seja prejudicado (Exemplo: atleta atira pistola de ar e carabina .22 e seu horário de inicio de prova é o mesmo para ambas)
• Fica limitado, somente na prova final e, somente para as provas especiais, o máximo de 3 (três) séries por modalidade a que o atleta terá direito (contando-se somente o maior resultado obtido nas séries). As três séries deverão ser feitas em sequência. Nas provas Olímpicas e ISSF o atleta somente poderá fazer uma série.


ARMAS ESPECIAIS

Modalidades previstas no Campeonato Paulista que tem correspondente no Campeonato Brasileiro.
Únicas exceções serão as provas de Puma 7x3, que não existe correspondente no Campeonato Brasileiro, e as provas de Fuzil, que são diferentes da realizadas pela CBTE.
Estas modalidades serão regidas de acordo com regulamentos e regras específicas, observando, contudo, as regras gerais emanadas da CBTE, com subsídios das regras da ISSF, inclusive no que tange as especificações das armas que serão permitidas em cada modalidade.

A partir de 2019 mudaremos o nome de algumas provas para ficar idêntica as provas da CBTE sendo:
Carabina mira aberta 22 a 25 metros = Carabina Mira Aberta 25m Custom / Sporter
Será incluída no ano de 2019 a Carabina Mira Aberta 50m Calibre menor Sporter / Custom e Calibre Maior.


CLASSES

As classes serão assim divididas:

-Duelo 20”, conforme CBTE: Classe A – Classe B –Classe C nos calibres maiores.

-Duelo 20”, conforme CBTE: Classe A – Classe B – nos calibres menores.

-Duelo 20", – Dama – Junior – Master e Veterano sem restrição de Calibre

-Carabina Mira Aberta de Ar, conforme CBTE: Classe A – Classe B – Classe C – Dama – Junior e Master.

As demais modalidades não sofrerão alterações.

A definição da classe do atleta se dará pela nomenclatura usada, primeiramente, no Campeonato Brasileiro. Se o atleta não faz o Campeonato Brasileiro e não for Master, Veterano, Junior ou Damas, sua classificação se dará pelo índice obtido na primeira prova em que o atleta participar.


As Provas do Campeonato Paulista serão realizadas conjuntamente com as Provas da CBTE.

Por liberalidade da Federação Paulista de Tiro Esportivo, visando beneficiar os clubes e atiradores, foram permitidos agendamentos de provas do campeonato Paulista juntamente com etapa do campeonato Brasileiro.

As etapas serão feitas de que maneira?
Ex: O atirador irá fazer a inscrição em ambas as provas: "FPTE e CBTE".
Porém irá atirar uma vez somente, com o resultado sendo computado para os dois campeonatos.

IMPORTANTE: Os clubes deverão observar os horários divulgados no Calendário da CBTE para cada uma das provas.
Uma vez sendo o calendário de prova móvel, dentro do final de semana, os clubes que sediarem as etapas do Campeonato Paulista também poderão seguir esta regra.

Exemplo: Carabina de ar mira aberta, pelo Campeonato Brasileiro, pode ser realizada na sexta-feira, sábado e no domingo. Assim as provas da FPTE também poderão ser realizadas pelo mesmo critério.

IMPORTANTE: O Atleta poderá atirar, por fase, em um único clube na respectiva modalidade.
Exemplo: Atleta que realiza prova de pistola de ar no sábado no SAC, vai mal e resolve participar no domingo da mesma prova, na STAH – NÃO SERÁ PERMITIDO. Isto se aplica a qualquer modalidade.

Mas, o Atleta poderá realizar, por exemplo, uma prova de pistola de ar no SAC e uma prova de tiro rápido na STAH (modalidade diferentes).

Mesmo em provas que permitem a repassagem (provas especiais) o atleta fica vinculado a repetir suas provas no clube onde fez a primeira passagem. Claro, na etapa. Nada impede que um atleta faça a primeira etapa do Paulista em um clube, a segunda etapa em outro, a terceira em outro e assim por diante.-

RECORDS

* Não serão homologados recordes em etapas “on line”. Os recordes somente poderão ser homologados se alcançados na prova final.-

EQUIPE

Para a formação de equipe, não importa o local em que realizou a prova, pois integrará a equipe os resultados do atleta, desde que fique ente os três primeiros da equipe (clube) ao qual pertence.

QUANTO A CONTAGEM DE PONTOS PARA FORMAÇÃO DE EQUIPES, VISANDO A COMPETIÇÃO POR CLUBES:

1) somente serão pontuados os clubes que mantenham seus pagamentos em dia para com a FPTE;

2) Somente contarão para a formação da equipe de um determinado clube, os atletas em dia com a FPTE, até a data da competição;

3) A lista de modalidades que serão consideradas para a formação das equipes, para compor o ranking e premiação anual da FPTE são:

CARABINA DE AR MASCULINA
CARABINA MIRA ABERTA 25 METROS CUSTOM
CARABINA MIRA ABERTA DE AR
CARABINA DEITADO MASCULINO
CARABINA 3 POSIÇÕES MASCULINO
CARABINA PUMA 7X3
DUELO 20" REVOLVER CALIBRE MAIOR (TODAS AS CLASSES)
PISTOLA 50M MASCULINO(LIVRE)
PISTOLA DE FOGO CENTRAL MASCULINO
PISTOLA 25 M FEMININO(SPORT)
PISTOLA DE AR MASCULINA
PISTOLA DE TIRO RAPIDO MASCULINO
PISTOLA STANDARD MASCULINO
SKEET
FOSSA OLIMPICA
FOSSA DOUBLE
TRAP AMERICANO
TRAP DOUBLE.
USBR BENCHREST AR COMPRIMIDO UNLIMITED


4) Provas com várias modalidades, exemplo Duelo 20”, somente terão contados seus competidores para formação de equipes, no revólver calibre maior, não importando a classe do competidor;

5) Mulheres podem formar composição para a equipe, desde que compitam nas mesmas condições dos homens (Ex.: Duelo 20” – a dama deve atirar com o revólver calibre maior)


DA EQUIPE PAULISTA:

A equipe Paulista será definida e elencada na festa de premiação da FPTE 2018.

Nenhum atleta é obrigado a aceitar a sua inclusão dentro dessa seleção, podendo, de forma escrita e dirigida a Diretoria da FPTE, solicitar sua exclusão.

Esta seleção de atletas será formada para representar o Estado de São Paulo em provas oficiais a qualquer nível.

Poderá ser nomeado um técnico responsável pela equipe, para acompanhar os atletas nas provas oficiais bem como representar a equipe a nível Nacional. Este técnico poderá ser contratado ou escolhido entre os atletas ou árbitros Paulistas. Poderá haver um técnico para armas curtas, um para armas longas e outro para o prato. Será privilegiada a gratuidade para este título (de técnico). Caso haja verba disponível ou acordo com patrocinadores, este cargo poderá ser remunerado ou ser-lhe imputado ajuda de custeio de provas, viagens, hospedagem, etc.

Para os atletas integrantes da equipe Paulista, quaisquer benefícios que sejam obtidos, será levado em conta, primeiramente, os atletas que competem nas provas Olímpicas, depois as Provas ISSF e finalmente as provas especiais.

O atleta que sofrer qualquer tipo de penalidade, seja por exemplo, caso de doping ou atitude anti-desportiva, não poderá integrar os quadros da equipe Paulista, além de sofrer a imposição das penalidades e restrições previstas nas regras da FPTE.

QUANTO A ARBITRAGEM:

Haja vista as mudanças ocorridas nos últimos anos nos regulamentos que tratam o esporte do Tiro, emanadas de seu órgão máximo, e em vista do pouco conhecimento tido pelos atiradores em geral, para o ano de 2019 as arbitragens serão mais rigorosas no que toca a adequação e comportamento do atleta em suas competições bem como em relação ao armamento. Novas regras podem ser lidas no site da CBTE (www. cbte.org.br), ou no próprio órgão máximo, a ISSF (http://www.issf-sports.org).

Haverá, durante o decorrer do ano, insertes de membros da diretoria da FPTE, bem como de seus membros do quadro de árbitros, em locais de prova, sem aviso prévio, para que se avalie o bom andamento das provas e sua correição.

Árbitros CBTE e FPTE, bem como membros de sua Diretoria, tem poder absoluto para aplicar as regras emanadas da ISSF e CBTE, podendo de plano aplicar as penalidades previstas nestes códigos em qualquer local ou prova que esteja ocorrendo uma prova da FPTE e que encontrem algo ou alguém fora do contexto das citadas regras. Claro, todo prejudicado terá direito a sua defesa, desde que apresentada da forma e tempo previstos nas citadas regras.

EXTRAS

Ainda, a critério da FPTE, através de convênios fechados, poderá, sem qualquer aviso, realizar exames antidoping em qualquer atleta que esteja participando de uma prova válida pela FPTE, aplicando-se para tal as regras de exames antidoping prevista pela ISSF.

ERROS, COMPLEMENTOS, ADAPTAÇÕES OU OMISSÕES SERÃO CORRIGIDOS NO DECORRER DO TEMPO E INFORMADOS AO ATLETA ATRAVÉS DO SITE DA FPTE
fonte: FPTE
Principal  |  Contato  |  Localização  |  Notícias  |  Fotos  |  Diretoria  |  Biblioteca
Atletas  |  Clubes  |  Regulamentos  |  Calendário  |  Resultados  |  Campeonato  |  Recordes
Av. Regente Feijó, 944 sala 304A - Anália Franco - São Paulo - SP - 03342-000 (11) 3672-1322